Os 10 princípios da liderança de resultado

Os 10 princípios da liderança de resultado

Liderança forte, comprometida com os objetivos da FJU e com estratégia clara, é a única maneira de produzir resultados em termos de mais JOVENS, mais JOVENS COMPROMETIDOS. Quando os INTEGRANTES DA FJU decidem respeitar o seu líder, eles observam o que o seu principal LÍDER pensa e faz, de modo que acabam conhecendo bem quem realmente está à frente da engrenagem que move a estrutura.
Os INTEGRANTES DA FJU usam a capacidade de observar o seu líder para julgar se ele é honroso e confiável, ou apenas um profissional egoísta que abusa da autoridade.
Um bom líder tem um caráter invejável e está claramente focado em servir a sua organização ( a FJU ). Diante dos olhos dos seus subordinados, a sua capacidade de liderança representa o incentivo e o caminho mais seguro para correr riscos na busca por inovações e resultados ambiciosos. As atividades do líder têm a capacidade de influenciar os resultados da FJU e o bem-estar dos colaboradores.
O australiano Brad Sugars, fundador da Action Coach International e reconhecido como o coach empresarial número 1 do mundo, tem compartilhado a sua visão sobre as três áreas chaves onde um líder respeitável deve concentrar-se:

  • Ser – o que o líder é ( suas crenças e valores )
  • Saber – aquilo que o líder sabe ou conhece ( atividades da sua área, comportamento humano )
  • Fazer – o que o líder faz ( implementa, cria, motiva, proporciona direção )

Essas três áreas que devem ser foco do líder, por extensão, conduzem à fórmula para um INTEGRANTE DA FJU de êxito ( SER + FAZER = TER ).
O que faz com que um JOVEM tome a decisão de seguir um líder? Os JOVENS têm o desejo de ser conduzidos por quem eles respeitam e por quem é capaz de ter um senso claro de direção. Para conquistar o respeito, os líderes precisam ser éticos e capazes de transmitir uma visão forte e segura do futuro.

Comunicação é a principal ferramenta da liderança
Estudos recentes sobre clima organizacional comprovaram que confiança nas altas lideranças é o principal indicador da satisfação dos integrantes que ajudam na FJU.
A eficiência da liderança na comunicação em três áreas críticas é a chave para a conquista da confiança:

  • Ajudar os INTEGRANTES DA FJU a compreender as estratégias dos objetivos.
  • Ajudar os INTEGRANTES DA FJU a entender como eles podem contribuir para o alcance dos principais objetivos.
  • Compartilhar informações com os INTEGRANTES DA FJU sobre o andamento da FJU e principalmente sobre o desempenho de cada PROJETO em relação aos objetivos estratégicos.

Portanto, basicamente o líder deve ser merecedor de confiança e apto a comunicar a sua visão sobre o cenário atual e onde se pretende chegar.

Os 10 princípios da liderança

  1. Conhecer a si mesmo e buscar sempre a melhoria. Para conhecer a si mesmo, é necessário compreender os atributos do seu “ser”, “saber” e “fazer”.
  2. Ser tecnicamente proficiente. O JOVEM líder deve conhecer muito bem o seu trabalho e é desejável ter sólidos conhecimentos das atividades dos seus colaboradores.
  3. Ter responsabilidade por suas ações. Buscar por diferentes maneiras de guiar a FJU ao alcance dos objetivos. E quando as coisas não forem tão bem, não culpar os outros, e sim assumir a responsabilidade pela situação.
  4. Tomar decisões sensatas e oportunas. Fazer uso de ferramentas de planejamento, solução de problemas e tomadas de decisões.
  5. Tornar-se um exemplo, um modelo a ser seguido pelos colaboradores. Eles acreditam no que vêem, e não no que ouvem.
  6. Conhecer a sua equipe e zelar pelo bem-estar. Conhecer e respeitar a natureza humana e a importância de proporcionar cuidados aos colaboradores de forma verdadeira.
  7. Manter os colaboradores informados. Saber como se comunicar com a equipe, superiores e outras posições chaves dentro da FJU.
  8. Desenvolver entre os INTEGRANTES DA FJU o senso de responsabilidade, propriedade e prestação de contas. Esses três aspectos contribuem muito para o desenvolvimento DOS INTEGRANTES DA FJU
  9. Assegurar que as tarefas sejam claramente compreendidas, supervisionadas e realizadas. Comunicação é a chave para essa responsabilidade.
  10. Treinar os INTEGRANTES DA FJU para que sejam uma equipe de alto desempenho. Ao desenvolver o espírito de equipe, o líder conduz a FJU ou mesmo um simples PROJETO OU TRIBO ao máximo da sua capacidade.

O processo para uma grande liderança

  • Inspire uma visão (meta) a ser compartilhada. Em seguida, compartilhe essa visão de uma maneira que possa ser facilmente compreendida pelos INTEGRANTES DA FJU.
  • Desafie o processo. Primeiro, encontre um processo que mais necessite ser melhorado.
  • Permita que os JOVENS atuem. Disponibilize ferramentas, autoridade e métodos para que resolvam problemas ou necessidades por conta própria.
  • Mostre como fazer. Quando uma meta apresenta-se como complexo ou difícil, é hora de entrar em ação. Um chefe diz aos outros como fazer; um líder mostra que a tarefa pode ser feita.

Líderes de sucesso são capazes de encorajar e dividir as conquistas com os seus colaboradores; as dores devem ser guardadas em seu próprio coração. No campo das relações humanas, algumas palavras essenciais são a sua bandeira:

As 6 palavras mais importantes: “Eu reconheço que cometi um erro.”

As 5 palavras mais importantes: “Você fez um excelente trabalho”

As 4 palavras mais importantes: “Qual a sua opinião?”

As 3 palavras mais importantes: “Você, por favor.”

As 2 palavras mais importantes: “Muito obrigado”.

A palavra mais importante: “Nós”

A palavra menos importante: “Eu”

COMO LIDERAR EFICAZMENTE ( 8 Dicas Importantes )

COMO LIDERAR EFICAZMENTE ( 8 Dicas Importantes )

 

1.Um dos aspectos objetivo, marcantes da liderança é saber definir claramente os objetivos a serem atingidos e adotar uma atitude positiva que demonstre a crença de que eles serão realizados. Por objetividade, entende-se também a atitude direcionada do chefe, sem perda de tempo, devaneio ou insegurança, tanto no relacionamento interpessoal quanto na execução das tarefas.

 2.Saiba compreender os outros. Seja uma característica do líder eficaz é a capacidade de colocar-se no lugar do outro, ou seja, a empatia, mesmo que ele não comungue com os mesmos pensamentos dessa pessoa .Você deve saber entender o ponto de vista de terceiros e respeitá-los, deve ter a sensibilidade em aceitar os outros como eles são, ter a consideração por eles, mesmo que discorde dos seus pontos de vista.

3.Use a flexibilidade. O líder versátil tem alta flexibilidade de estilo ao comandar pessoas. Para cada pessoa, adote o estilo de liderança que melhor se adapte às características dela.

 4.Saiba comunicar-se. O líder não é uma pessoa introvertida. Ao contrário, ele é comunicativo, sabe dialogar, trocar idéias e pedir sugestões ao seu pessoal sobre as tarefas que os afetam. Outro aspecto que caracteriza a boa comunicação é não apenas saber falar e expor os seus pensamentos, mas também saber ouvir, pois, se você prestar atenção ao que está sendo dito, ficará surpreso ao descobrir quantas informações úteis estão sendo fornecidas e que antes poderiam passar inteiramente despercebidas

5.Use a autoridade da forma correta. O uso da autoridade é uma prerrogativa( privilégio ) exclusivo do líder, pois liderança e autoridade são as duas faces de uma mesma moeda. Todo líder possui autoridade – formal ou não -, mas nem toda pessoa investida de autoridade é líder. Liderar significa possuir capacidade, discernimento para comandar pessoas, e isso é mais do que muitos líderes sabem fazer. 

6.Tenha maturidade de comportamento. Muitos líderes têm comportamento imaturo, com freqüentes mudanças de humor, mudanças de idéias e de objetivos. Eles colocam em polvorosa seus infelizes liderados, que nunca sabem o que os espera a cada novo dia que se inicia. É uma das formas mais rápidas de desmotivar e provocar a perda de confiança das pessoas, além de colocar em risco a produção e o alcance de metas. Se você é desse tipo, mais do que um abacaxi, você tem um cacho de dinamites nas mãos. 
Tenha uma atitude madura, confiante e positiva, dando 
segurança aos colaboradores, quanto às suas idéias e comportamento. Todo chefe que é líder tem um comportamento estável e previsível. Isso não significa que não possa, às vezes, aborrecer-se, zangar-se ou mudar de idéia, mas, quando o fizer, deverá ser um ato consciente de sua parte, assumindo total responsabilidade por esse comportamento.

7. Mantenha todos bem informados. Cuidado com os boatos. Eles só surgem quando há pouca ou nenhuma informação e só causam desapontamentos, mágoas, insegurança e raiva. 
Tome providências para interromper os boatos; melhor ainda: não deixe nem mesmo que comecem. Deixe claras as coisas desde o início e certifique-se de que seus subordinados saibam que podem encontrar em você a verdade. E, se porventura, houver algo sigiloso que você não possa dizer-lhes, eles entenderão sua atitude.

8. Seja um exemplo para os outros. Como líder você está sempre na vitrine e – quer queira ou não – está exposto aos olhares das pessoas; por isso mesmo, é muito mais observado do que observa. Quer você esteja ciente disso ou não, geralmente seus subordinados procuram em você um padrão de comportamento, uma referência. Suas atitudes, suas decisões, sua postura, a maneira pela qual se conduz, influenciam mais a eles do que qualquer instrução que você possa dar ou qualquer disciplina que queira impor.

 

 

Tipos ou estilos de liderança

Os três estilos clássicos de liderança, que definem a relação entre o líder e os seus seguidores, são: Autocrática, Democrática e Liberal (ou Laissez-faire).

Liderança Autocrática: É um tipo de liderança autoritária, na qual o líder impõe as suas idéias e decisões ao grupo. O líder não ouve a opinião do grupo.
Liderança Democrática: O líder estimula a participação do grupo e orienta as tarefas. É um tipo de liderança participativa, em que as
decisões são tomadas após debate e em conjunto.
Liderança Liberal: Há liberdade e total confiança no grupo.
As decisões são delegadas e a participação do líder é limitada.

Liderança na Organização

Em uma organização, a liderança é um tema de fundamental importância, pois está relacionado com o sucesso ou o fracasso, com conseguir ou não atingir os objetivos definidos. Principalmente no contexto empresarial ou de uma organização, é importante saber fazer a distinção entre líder e chefe. Um chefe tem a autoridade para mandar e exigir obediência dos elementos do grupo porque muitas vezes se considera superior a eles.
Um bom líder aponta a direção para o sucesso, exercendo disciplina, paciência, compromisso, respeito e humildade.


MEDITE NISSO
Se hoje eu não sacrificar
para estar nas mãos de Deus,

amanhã terei que sacrificar
para sair das mãos do diabo.



Facebook 2:
FabioSousaFreitas Twitter: @prfabioofical
de Segunda a Sábado das 17hs às 18hs – Programa Academia Jovem 99.9Fm

Parceiro da FJU add também: Facebook:  Record Minas

O SEGREDO PARA SE GANHAR ALMAS

 

 

Meu caro Guerreiro, Valente, Gladiador, Revoltado da FJU

 

Você sabe muito bem a sua vocação: nasceu para ganhar almas.

Infelizmente, nem todos sabem que o Senhor Jesus exerceu tal missão USANDO APENAS TRÊS PASSOS:

 

1 – Ensinava; 2 – Pregava e 3 – Curava

Percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades entre o povo. Mateus 4.23

 

A maioria dos integrantes da FJU se preocupam em dar uma palavra de fé, curar e fazer milagres. Por conta disso, a maioria das JOVENS ficam sem                    

FUNDAMENTO BÍBLICO para resistir às investidas do diabo. Jesus disse: Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará.

Se não houver um cuidado em ensinar as Escrituras o trabalho do líder ou daquele responsável da FJU estará fadado ao fracasso.

Essa é a razão porque muitos não têm interesse em voltar na igreja.

Muitos integrantes da FJU têm ignorado o valor fundamental do ENSINO DAS ESCRITURAS.

Veja alguns textos em que o Senhor Jesus ensinava:

                       

Após ter percorrido TODA A GALILÉIA, Jesus partiu para TODAS AS CIDADES E POVOADOS:

 

E percorria Jesus todas as cidades e povoadosensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades. Mateus 9.35

 

ENSINAVA NO TEMPLO

 

Tendo Jesus chegado ao templo, estando já ensinando… Mateus 21.23 

 

TODOS OS DIAS ENSINAVA NO TEMPLO:

 

 Todos os dias, no templo, Eu me assentava convosco ensinando, e não Me prendestes. Mateus 26.55

 

Detalhe: ENSINAVA COM AUTORIDADE

 

ENSINAVA A GUARDAR TODAS AS COISAS

…ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. Mateus28.20

                       

A maior preocupação do diabo é com respeito ao ensinamento das Escrituras. 

Seus perseguidores, possuídos pelos demônios, O acusavam de ALVOROÇAR O POVO COM ENSINAMENTOS.

Ou seja: Jesus revolucionava com ENSINAMENTOS.

 

Sabem por quê?

 

Porque o ensinamento das Escrituras CONSCIENTIZA, quer dizer: OBRIGA O JOVEM A  PENSAR.

Quando ele(a) pensa, ela tem o direito de fazer a escolha certa para dirigir sua vida.

O líder ou o integrante da FJU que não se esmera no ensino das Escrituras jamais terá sucesso em seu ministério.

 

Insistiam, porém, cada vez mais, dizendo: Ele alvoroça o povoensinando por toda a Judéia, desde a Galiléia, onde começou, até aqui. Lucas 23.5

 

JESUS ENSINAVA NAS SINAGOGAS; Lucas 4.15

ENSINAVA NOS SÁBADOS; Lucas 4.31
ENSINAVA AS MULTIDÕES; Lucas 5.3

ENSINAVA DIARIAMENTE; Lucas 19.47

ENSINAVA DURANTE A FESTA; João 7.14

ENSINAVA PELA MADRUGADA NO TEMPLO;  João 8.2

 

Façam bom proveito!

VEJA ESTE VIDEO NA SUA CASA DE UM PASTOR QUE LARGOU TUDO E DESABAFA
http://www.youtube.com/watch?v=HUP4xHkOeH4